Blog do Clóvis de Oliveira

Clóvis de Oliveira


PT corre o risco de não ter plano B para 2014

Publicado em : 30/12/2012

Publicada por Clóvis de Oliveira

 


A superexposição na Mídia da presidente Dilma Rousseff, se por um lado ajuda na imagem da mulher, por outro começa a sepultar a boa imagem construída nos últimos oito anos pelo ex-presidente Lula.
 
Assim, os dois principais nomes do PT podem acabar se engalfinhando em um conflito abstrato de poder que vai acabar favorecendo as forças de oposição, hoje concentradas no PSDB do senador Aécio Neves e no PSB do governador pernambucano Eduardo Campos.
 
Os dois, aliás, já estão alinhavados para disputar as eleições presidenciais de 2014, com um acordo de apoio tácito e recíproco em caso de segundo turno. Enquanto isso, o PT não tem, ainda, um plano B.
 

Os fatos que marcam a votação em Dourados

Publicado em : 7/10/2012



 



Vários episódios, alguns contados em forma de piadas, outros de boatos, entremeiam as verdades deste dia 7 de outubro, quando os mais de 140 mil eleitores estão decidindo os próximos quatro anos de Dourados.

Veja alguns:

- O candidato Djalma Barros teria procurado uma eleitora e dito: “10 mil”. Ela respondeu: “Vixi, ‘seo’ Djalma, cinco tá bom demais pra mim”. 10.000 é o número com que o candidato disputa as eleições de vereador.

- A radialista Keliana chega na escola Reis Veloso, com os olhos inchados, e vai logo procurando o repórter Thiago Wesley, da rádio 94FM: “quero falar!”. O rapaz não consegue conexão com os estúdios e já leva uma bronca, em público.

- Deputado Geraldo Resende, após votar na escola Mace, cumprimenta o prefeito Murilo, que disputa a reeleição, e pergunta a assessores mais próximos: “Onde vai ser a festa?”

- Candidato a vice do PSOL, o pastor Sérgio Leal acompanhou o titular, Zé Roberto, na votação no Jardim Itália. Perguntado, em tom de brincadeira, se já tinha escolhido candidato, respondeu: “Tenho 50 bons motivos para votar no Zé, é muito mais que 20 e 40”. 50 é o número do PSOL, 20 é do PSC e 40 do PSB.

- Delegado da coligação de Murilo, trabalhando em uma escola, o secretário de Governo Zito estava mais preocupado com a segunda-feira. É que o prefeito já mandou agendar encontro com lideres de bairros para às 8 horas e às 10 tem reunião com os caciques da Reserva Indígena.

- Deputado pelo quinto mandato, no mesmo partido (PFL que virou DEM), Zé Teixeira votou na Mace e diz que está acompanhando a disputa acirrada em municípios próximos, onde atua, como Itaporã, Rio Brilhante e Caarapó. “Aqui já tá resolvido”, disse, sobre Dourados.

Dança das cadeiras: Delcídio 'toma gosto' por Dourados

Publicado em : 18/9/2012

Dança das cadeiras: Delcídio 'toma gosto' por Dourados

 Enquanto o governador André Puccinelli se vê às voltas com o desafio de tentar fazer deslanchar a candidatura do amigo Edson Giroto em Campo Grande, trampolim mais do que importante para a construção da estrada ao Senado daqui a dois anos, o senador Delcídio do Amaral, confortável no Salão Azul do Congresso Nacional por mais seis anos, aproveita para correr o Estado, de olho em uma cadeira mais próxima, a atualmente ocupada pelo próprio André. 


Assim, não é de estranhar o interesse demonstrado pelo senador em relação a Dourados. Embora o PT tenha sido apeado da chapa da reeleição do prefeito Murilo Zauith para atender aos próprios interesses de André, o senador petista não se faz de rogado e procura manter o 'affair' com o prefeito. Diplomaticamente, faz a política da conjuntura nacional, ou seja, defende a tese de que a presidente Dilma precisa eleger aliados. E Murilo é um dos mais novos desse time.

Nesta quarta-feira (19), Delcídio e Murilo voltam a se encontrar em Dourados. Será no Parque das Nações I Plano, bairro para onde, a propósito, o senador acaba de confirmar recursos de quase R$ 1 milhão para obras de drenagem e asfalto. O Parque é um dos redutos do amigo fiel do senador, o vereador Albino Mendes, que também tenta a reeleição.

 

Xiitas, quase em extinção, ainda boicotam ato petista

Publicado em : 27/8/2012

Clóvis de Oliveira

 Um grupo que em brve será considerado espécime rara, os xiitas do PT de Dourados, ainda conseguiu respirar protesto no ato político convocado pelo partido para apresentar, sexta-feira (24) à noite, a chapa de candidatos petistas ao senador Delcídio do Amaral, principal avalista do projeto de poder do Partido dos Trabalhadores no Estado.

 
Apesar de Delcído manifestar entusiasmo com o projeto eleitoral de Dourados, renovando a confiança de que o prefeito Murilo é o principal e melhor nome para continuar administrando a cidade, é possível ver veículos circulando pela cidade com a propaganda "casada" entre candidatos a vereador petistas e chapas majoritárias diferentes. 
 
É por essas e outras que, mesmo tendo administrado o Município por oito anos seguidos, o PT não consegue se mostrar como alternativa político-eleitoral confiável.
 



  • 1

Sobre o autor


Clóvis de Oliveira
Clóvis de Oliveira, 50, é jornalista. Iniciou atividades em 1976, pela Rádio Clube de Dourados, integrou a equipe de redação dos jornais O Progresso, Panorama, Enfoque, Folha de Dourados e Diário do Povo. É sócio-fundador do jornal Douradosnews.


  • WhatsApp TUDODOMS459

publicidade
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Imobiliaria12

colunas

Conta Gotas

Bastidores da politica em Maracaju

Hosana de Lourdes



Maracaju tudodebom

Identificação do eleitor não funciona como teste

Hosana de Lourdes



Blog do Clóvis de Oliveira

Xiitas, quase em extinção, ainda boicotam ato peti

Clóvis de Oliveira



mais colunas »