PUBLICIDADE

Campo Grande registra 398 casos de violência contra crianças, diz polícia


PUBLICIDADE
  • mell280

01/09/2011 13h30

Campo Grande registra 398 casos de violência contra crianças, diz polícia

TV Morena


 Somente este ano, Campo Grande teve 398 casos de violência contra crianças e adolescentes, segundo dados da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca). Os registros de lesão corporal representam a maior parte, 195 denúncias.

Segundo a titular da Depca, Regina Márcia Rodrigues, o que mais impressiona é que em 90% dos casos a violência começa dentro de casa. As crianças muitas vezes são vítimas do pai, da mãe ou do padrastro, e convivem por anos com a violência.

"Em um único boletim de ocorrência, às vezes têm três ou quatro crianças como vítima. Além disso, não é um crime que ocorre em um único evento, uma única vez. Quando chega na delegacia, as crianças estão sofrendo com esses abusos físicos há mais de três ou quatro anos", relata a delegada.

Um dos últimos casos ocorreu no último fim de semana, onde um garoto de nove anos foi ferido pela própria mãe com um garfo quente. A irmã do menino conta que a vida dele é marcada pela dor. "Ela [a mãe] nunca gostou do meu irmão, pegava e espancava ele, judiava dele, xingava e falava para ele ir para a rua."

O menino foi retirado de casa pelo Conselho Tutelar e a mãe foi indiciada por lesão corporal dolosa. Segundo a família, a violência cometida pela mãe contra os filhos faz parte da rotina.

O S.O.S. Abrigo é um dos doze de Campo Grande que recebem crianças com violação de direitos. Atualmente, cerca de 170 crianças estão acolhidas. A conselheira tutelar, Poliana de Almeida, explica que "o abrigo seria a última instância, que ainda é preferível a criança estar no seio familiar."

Casos de violência contra crianças podem ser denunciados por telefone 100.





PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE