PUBLICIDADE

Acusado de matar taxista é preso durante a madrugada nas margens do rio Aquidauana


PUBLICIDADE
  • mell280

06/09/2011 13h50

Acusado de matar taxista é preso durante a madrugada nas margens do rio Aquidauana

GABRIEL MAYMONE


 Wesley Oliveira dos Santos, de 18 anos, acusado pelo assassinato do taxista Daniel Manoel (Dudu), na sexta-feira (26), já está preso. Segundo informações do delegado responsável pelo caso, Weber Luciano de Medeiros, o jovem foi preso por volta das 5h30min de hoje, às margens do rio Aquidauana, próximo ao morro do chapéu.

A equipe que efetuou a prisão do acusado contou com apoio de policiais do Grupo Armado de Repressão a Roubos, Assaltos e Sequestros (Garras) e policiais da 1ª Delegacia de Polícia de Campo Grande.

Caso

Após uma corrida de táxi após um show no estádio Morenão, por volta das 6h50min da sexta-feira (26), o taxista Dudu foi atingido por dois tiros na cabeça. A polícia investiga se ele foi alvo de tentativa de assalto ou se foi baleado durante discussão por desacordo na cobrança da corrida. Uma adolescente de 17 anos foi apreendida na mesma noite.

A tentativa de assassinato ocorreu na Rua Gastão, no Jardim Nascente do Segredo. Moradores ouviram tiros e chamaram a polícia.

Uma testemunha apontou a adolescente e o namorado Wesley - que moram próximo - como sendo os passageiros do táxi.

A polícia conseguiu localizar a residência do casal, encontrando a adolescente ainda embriagada. Ela disse que saíram do show no Morenão e entraram no táxi de Daniel. No momento do acerto de contas teriam discutido pelo preço cobrado - R$ 50 - quando, então, Wesley sacou da revólver e atirou na cabeça da vítima, fugindo em seguida.

 





PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE