PUBLICIDADE

Agente é investigado por suspeita de facilitar fuga em cadeia de MT


PUBLICIDADE

08/09/2011 13h20

Agente é investigado por suspeita de facilitar fuga em cadeia de MT

Pollyana Araújo Do G1 MT


 Um agente prisional está sendo investigado por uma Comissão Processante sob suspeita de facilitação de fuga de presos da cadeia pública de Chapada dos Guimarães, a 65 quilômetros de Cuiabá, em agosto de 2006. O servidor se ausentou da unidade às 18h30 do dia 16, antes de concluir o plantão, como consta na portaria conjunta instaurada pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Estado (Sejudh) e Auditoria-Geral do Estado.

Segundo a portaria, o agente deixou o serviço e entregou as chaves das celas a um investigador, na Delegacia da Polícia Judiciária Civil, para que fossem entregues a uma servidora que iria assumir o plantão no período noturno. "O agente deixou as dependências da cadeia sem deixar outro responsável pela vigilância e segurança interna do estabelecimento", relata o secretário estadual de Justiça e Direitos Humanos, Paulo Lessa, e o auditor-geral do estado, José Alves Pereira Filho, no documento.

Apesar da facilidade, nenhum dos presos lotados na unidade fugiu na ocasião, como informou a assessoria da Sejudh ao G1. A cadeia de Chapada dos Guimarães tem capacidade para comportar 28 reeducandos.

A comissão formada por três servidores, sendo um presidente e dois membros, tem o prazo de 60 dias para concluir o processo de investigação, podendo ser prorrogado por igual período se for necessário.





PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE