PUBLICIDADE

Brasil controla euforia e pega Porto Rico para definir rival do jogo da vida


PUBLICIDADE
  • mell280

08/09/2011 15h30

Brasil controla euforia e pega Porto Rico para definir rival do jogo da vida

Por Rodrigo Alves Direto de Mar del Plata, Argentina


 

Ruben Magnano basquete brasil x argentina (Foto: AP)Rubén Magnano: mais dois passos para chegar
aos Jogos de Londres-2012 (Foto: AP)

Na quarta-feira, o Brasil deu o golpe emocional. Na quinta, é hora de resolver a parte prática. Após arrancar uma vitória heroica no ginásio Ilhas Malvinas contra os donos da casa, a seleção de Rubén Magnano volta à quadra logo mais, às 20h30m, para enfrentar Porto Rico. Com quatro seleções já classificadas, a última rodada da segunda fase define os confrontos das semifinais de sábado. E aí, sim, estará em jogo o grande objetivo da Copa América: a dupla de vagas nos Jogos de Londres-2012.

O SporTV transmite a partida ao vivo, e o GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances em Tempo Real. Antes do Brasil, às 18h, a Argentina encara a República Dominicana. A rodada começa às 11h30m, com Panamá x Canadá, e segue com Uruguai x Venezuela às 14h – as quatro seleções já não tem chances de avançar às semis.

Apesar de ter vencido a Argentina na quarta, Rubén Magnano disse que continua não querendo um cruzamento com seus compatriotas no sábado. Para evitar outro duelo, basta que os donos da casa vençam na quinta. Assim, o Brasil enfrentaria a Dominicana em caso de vitória e Porto Rico em caso de derrota. Se os argentinos perderem, independentemente do resultado do Brasil, haverá empates triplos, e os confrontos serão decididos pelos critérios de desempate – confronto direto e average.

header o que esta em jogo (Foto: arte esporte)

Brasil: Após o triunfo contra a Argentina, a equipe verde-amarela quer manter o embalo no caminho da semifinal. Quando entrar em quadra, após o jogo dos hermanos, o time de Magnano já deve saber exatamente do que precisa para enfrentar cada adversário na semi.

Porto Rico: Em caso de vitória argentina, a situação dos portorriquenhos é clara: se vencerem, pegam o Brasil na semi; se perderem, pegam os hermanos. A equipe do técnico Flor Meléndez não deve ter o pivô Daniel Santiago, que se recupera de uma lesão.

header o que eles disseram (Foto: arte esporte)

Marcelinho Huertas, armador do Brasil: “Ganhamos da Argentina e já viramos a página. Nessas competições em que você joga um dia atrás do outro, não tem como ficar eufórico.”

Carlos Arroyo, armador de Porto Rico: “Será uma partida duríssima, e para ganharmos temos que manter a equipe muito forte na defesa, como temos feito até agora.”

header números e curiosidades (Foto: arte esporte)

1 – Foi a diferença de pontos que deu o título ao Brasil na última Copa América, em 2009, na final contra Porto Rico, em San Juan. A seleção comandada por Moncho Monsalve venceu por 61 a 60.

5 – São os desfalques que as equipes têm em relação à competição de 2009. Naquele torneio, o Brasil tinha Anderson Varejão e Leandrinho, enquanto os portorriquenhos tinham Larry Ayuso, Peter John Ramos e Carmelo Lee.

86 a 82 – Foi o placar da derrota do Brasil para Porto Rico no mesmo torneio de 2009, no encerramento da segunda fase. A diferença de apenas quatro pontos garantiu aos brasileiros o primeiro lugar do grupo e a chance de escapar da Argentina na semifinal.
 





PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE