PUBLICIDADE

Inflação da 'balada' sobe mais que a geral


PUBLICIDADE
  • mell280

14/09/2011 09h40

Inflação da 'balada' sobe mais que a geral

G1


 Nos últimos 12 meses os preços das despesas noturnas cresceram acima da inflação no período, que foi de 7,10%. A inflação da "balada" subiu mais que o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), registrando aumento real, ao avançar 7,91% em igual período, apontou pesquisa da Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgada nesta terça-feira (13).

Entre os destaques estão as despesas com preparativos e com serviços, como show musical, com alta de 13,09%, teatro, cujos preços avançaram 11,61%, bares e lanchonetes, com crescimento de 9,35% nos últimos 12 meses. Para quem bebeu demais e não quer arriscar dirigir, a despesa com o táxi ficou 9,30% mais cara no mesmo período. Para o dia seguinte, outra má notícia: o preço do antiácido avançou 6,10% desde setembro último.

A preparação para a saída noturna também ficou mais cara. As despesas com salão de beleza avançaram 8,79%, já o preço das roupas femininas subiu 8,12% e o das roupas masculinas cresceu 7,75% nos últimos 12 meses encerrados em agosto.

"A massa de salários vem crescendo e isso dá um fôlego extra para o consumo de serviços, dentre eles, aqueles relacionados ao lazer e aos gastos com a noite", avalia o economista André Braz.

Mas nem todas as despesas crescem acima da inflação. Registraram variações menores de preço perfume (1,90%), artigos de maquiagem (3,31%) e os de calçados masculinos (4,26%).

O levantamento foi feito nas cidades de Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

 





PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE