PUBLICIDADE
  • mell sadi280

Preço da gasolina pode atingir R$ 3,53 em 2020

22º min
32º min


PUBLICIDADE

22/09/2011 13h00

Preço da gasolina pode atingir R$ 3,53 em 2020

Correio do Estado


 

                                              
foto
Foto: Arquivo
Preço do combustível deve subir por queda nas reservas de petróleo

                                    Em 2020, o preço médio da gasolina no Brasil poderá chegar a R$ 3,53 por litro, alta de 41% em relação ao que é cobrado atualmente. Por sua vez, o etanol continuará com as oscilações de preço, podendo variar de R$ 1,37 a R$ 2,03 por litro, o que representa desde uma queda de 13% a um aumento de 29%, em relação a seu valor atual.

Segundo o estudo “Brasil Sustentável Perspectivas dos mercados de petróleo, etanol e gás”, desenvolvido pela Ernst & Young Terco, em parceria com a FGV Projetos, até o final desta década, os preços do petróleo e do etanol devem subir 18,7% e 7%, respectivamente.

De acordo com o estudo, durante esta década, o cenário global de combustíveis será marcado por uma demanda crescente, movimentos incipientes e insuficientes de substituição e eficiência energética, fatores que farão com que o preço do petróleo passe a subir a partir de 2011. Para o consumidor, o repasse dos reflexos dessa realidade dependerá da disposição política em transmiti-los.

Combustível
De acordo com a sócia para o setor de petróleo e gás da Ernst & Young Terco, Elizabeth Ramos, o levantamento revela que o fato de a Petrobras exercer controle sobre os preços da gasolina e do etanol praticados diretamente ao consumidor faz com que o Brasil esteja em condição privilegiada em relação ao resto do mundo, no que diz respeito ao impacto do setor de combustível sobre o desempenho do PIB (Produto Interno Bruto) nacional e no controle de preços.

Com o passar dos anos, o consumidor passará a perceber a alta dos combustíveis no Brasil, pois o estudo aponta que o País terá de passar por uma transição de regime, que faça com que os preços brasileiros acompanhem o mercado internacional.

A expansão do consumo de combustíveis deve ocorrer principalmente nos países emergentes. Segundo o estudo, o Brasil terá um aumento de 29% na demanda, passando a representar 4% do consumo mundial ao final de 2020. Além disso, o estudo alerta que o País será responsável por 5% da produção mundial, tornando-se um exportador de petróleo.

Etanol
Apesar de o etanol ser uma alternativa para substituir os combustíveis derivados de petróleo, o estudo revela que a estrutura produtiva mundial ainda não está preparada para atender ao crescimento da demanda.

Em 2020, o Brasil e os Estados Unidos, juntos, deterão 90% da produção mundial do combustível, período em que o consumo de etanol crescerá 148%, alcançando 177,7 bilhões de litros por ano.

Segundo o levantamento, no Brasil, o consumidor é mais impactado pelas variações de preços da gasolina do que do etanol. Por isso, o estudo afirma que, apesar de a produção de etanol ser sazonal e sujeita a eventos agrícolas e à sua própria interação com o açúcar, as oscilações de preço poderão ser temporárias





PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Imobiliaria12
PUBLICIDADE