PUBLICIDADE

Manifestantes convocam greve geral e passeata no Egito


PUBLICIDADE

31/01/2011 09h33

Manifestantes convocam greve geral e passeata no Egito

Manifestantes convocam greve geral e passeata no Egito 31 de janeiro de 2011 • 06h07 • atualizado às 08h33

Terra


Os organizadores dos protestos que exigem a renúncia do presidente egípcio Hosni Mubarak convocaram nesta segunda-feira uma greve geral por tempo indeterminado e uma passeata de um milhão de pessoas para terça-feira.

"Decidimos durante a noite que na terça-feira acontecerá uma passeata de um milhão de pessoas", declarou à AFP Eid Mohamad, um dos líderes do movimento. "Também decidimos convocar uma greve geral indefinida", completou.

Uma convocação de greve geral já havia sido anunciada na noite de domingo pelos trabalhadores da cidade de Suez, umas das três maiores do país, ao lado do Cairo e de Alexandria, onde foram registradas manifestações e distúrbios. As três cidades estão sob toque de recolher.

"Nos unimos aos trabalhadores de Suez e iniciaremos uma greve geral até que nossas demandas sejam cumpridas", declarou Mohamed Waked, outro líder dos protestos, à AFP.

As convocações foram feitas apesar dos esforços de Mubarak para conter a onda de descontentamento social que paralisa o país desde terça-feira da semana passada, com enfrentamentos entre manifestantes e as forças de segurança que deixaram 125 mortos e milhares de feridos até o momento.





PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE