PUBLICIDADE

Fifa pressiona cidades-sede a contratarem seus parceiros


PUBLICIDADE

13/06/2011 10h41

Fifa pressiona cidades-sede a contratarem seus parceiros

Lancenet/PX


Representantes das 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, sofrem pressão da Fifa para que "cooperem" e contratem os serviços de empresas parceiras da entidade. A "Folha de S. Paulo" noticia nesta segunda-feira que o departamento de marketing da Fifa e o Comitê Organizador Local (COL) fazem lobby por uma fabricante de brindes, uma empresa de energia solar e uma seguradora.

Um e-mail publicado pelo jornal (que teve acesso a documentos de prova) mostra que o diretor de marketing da Fifa no Brasil, Jay Neuhaus, ofereceu a seguinte opção a uma das sedes: ou contratava a empresa ADM, para confecção de bonés, chaveiros e camisetas, ou pagava 17% como taxa de licenciamento caso optasse por outra empresa - cumprindo a Lei de Licitações. A Fifa tem isenção fiscal para a realização do torneio no Brasil.

Além disso, governantes reclamaram à publicação sobre a pressão que estariam sofrendo. Em comunicado, a Fifa admitiu que enviou comunicados às sedes, mas que trata-se apenas de um procedimento padrão - e não de pressão para que seus patrocinadores sejam contratados pelos consórcios e empreiteiras responsáveis pelas obras e pela realização do Mundial em cada cidade.





PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE