PUBLICIDADE

Estado imuniza 93,5% do rebanho contra a aftosa


PUBLICIDADE

08/07/2011 09h30

Estado imuniza 93,5% do rebanho contra a aftosa

ADRIANA MOLINA


 

foto

A imunização contra a febre aftosa atingiu 93,54% do rebanho bovino e bubalino de Mato Grosso do Sul. O prazo final para declaração dos produtores foi 30 de junho e, segundo a Agência Estadual de Defesa Sanitária Vegetal e Animal (Iagro), foram declaradas 20,3 milhões das cerca de 21,7 milhões de cabeças estimadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), já excluindo os 583,2 mil animais do Pantanal, que pertencem a etapa de novembro.
Segundo o órgão foram vacinados na região do Planalto cerca de 17,1 milhões de animais – número acima da estimativa, que era de 15,1 milhões de cabeças. Na Zona de Alta vigilância (ZAV) pode-se dizer que a meta também foi atingida, pois foram 799,7 mil dos 800 mil previstos pela Iagro na área, composta por 13 municípios da região de fronteira do Estado com Bolívia e Paraguai, e que têm cerca de seis mil propriedades rurais.
Já no Pantanal a meta da Agência era de chegar aos 4,5 milhões de animais. Porém, por conta das chuvas e alagamentos que, no início do ano, impediram o manejo dos animais nas fazendas, a imunização atingiu apenas 53,3% disso, em torno de 2,4 milhões de cabeças.
Ao todo, 64 propriedades da região enviaram requerimento ao órgão justificando a não vacinação e pedindo a prorrogação do prazo. Essas propriedades têm cerca de 163 mil animais que deverão receber a dose contra aftosa até o término da próxima campanha, realizada em novembro. A segunda etapa de imunização deve englobar, além dos que fizeram a justificativa, mais 583,2 mil animais da região pantaneira.





PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Imobiliaria12
PUBLICIDADE