PUBLICIDADE

Governo defenderá economia do país de ameaças internas e externas


PUBLICIDADE

26/07/2011 09h00

Governo defenderá economia do país de ameaças internas e externas

Agência Brasil


 A presidenta Dilma Rousseff disse ontem (25) que o governo defenderá a economia brasileira de todas as ameaças internas e externas para manter a capacidade de crescimento. Segundo ela, o Brasil precisa crescer com estabilidade, controle da inflação e robustez fiscal

“Não tenham dúvida de que seremos capazes de defender a economia brasileira de todas as ameaças internas e externas. Estou me referindo à ameaça da inflação, por exemplo, que corrói a renda do trabalhador e que saberemos responder à altura”, disse Dilma, ao encerrar reunião com governadores da Região Nordeste, em Arapiraca (AL).

De acordo com Dilma, o país precisa crescer com estabilidade, controle da inflação e robustez fiscal e também gerar empregos. "Temos de crescer e gerar empregos, porque não podemos conceber o Brasil parado, sem a dinâmica da geração de oportunidades para milhões de brasileiros."

Durante a reunião, Dilma disse aos governadores que para desenvolver o Nordeste é necessário uma desconcentração econômica no país. “Não haverá desenvolvimento se não houver desconcentração econômica, de logística, de recursos hídricos e energéticos.” Segundo ela, isso tudo precisa resultado em um processo efetivo de distribuição de renda para a população mais pobre.

Na reunião, a presidenta Dilma firmou com os governadores o Pacto pela Erradicação da Miséria.





PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE