PUBLICIDADE

Mãe registra denúncia contra hospital que deixou filho sem alimentação em Três Lagoas


PUBLICIDADE
  • mell280

28/07/2011 13h30

Mãe registra denúncia contra hospital que deixou filho sem alimentação em Três Lagoas

ROBERTA CÁCERES


 O paciente com pneumonia, Lucas Cardoso, 20 anos, ficou sem alimentação o dia inteiro de ontem (27), por falta de atendimento e médico no Hospital Auxiliadora em Três Lagoas (MS), segundo denúncia registrada pela mãe, Rozeli Aparecida Cardoso, de 46 anos.

De acordo com a polícia, Rozeli levou o filho até o hospital de manhã, pois estava com pneumonia. No hospital não havia médico especialista e por conta disso tiveram que esperar até as 20h para que finalmente fosse realizada a internação, mesmo sem a chegada do especialista.

A mãe de Lucas cobrou da enfermeira responsável se o hospital daria alimentação a Lucas, e a profissional respondeu que não, pois já havia passado o horário das refeições. Foi então que Rozeli perguntou se haveria algum problema trazer algum alimento, e como o médico não tinha prescrito nenhuma dieta, a enfermeira autorizou.

Após preparar e trazer o alimento ao hospital, Rozeli foi barrada na portaria pelo guarda responsável. A enfermeira-chefe foi chamada e explicou a norma do hospital é barrar pessoas que estejam com alimentos. Mais uma vez Rozeli perguntou se alguém daria algo para seu filho comer, e consequentemente a resposta foi negativa, dizendo que o paciente só iria comer no dia seguinte.

Portal Correio do Estado entrou em contato com o Hospital Auxiliadora na manhã de hoje (28), e foi informado que a entrada de alimentos é proibida por uma norma da Vigilância Sanitária. Segundo o hospital, se for necessária a entrada de qualquer tipo de alimento, a enfermeira responsável deve autorizar a portaria do hospital.

Rozeli Aparecida registrou Boletim de Ocorrência de maus-tratos na Delegacia local na noite de ontem (27). 


 





PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE