PUBLICIDADE

Último dia de Carnaval tem chuva de alegria e milhares de foliões na Esplanada


PUBLICIDADE
  • mell280

14/02/2018 07h10

Último dia de Carnaval tem chuva de alegria e milhares de foliões na Esplanada

Ao todo, mais de 120 mil pessoas brincaram na Esplanada Ferroviária desde a última sexta-feira, em Campo Grande.

Thailla Torres


 O Cordão Valu começou atrasado nesta terça-feira por conta da chuva. Mas foi só o rufar dos tambores da Orquestra Vai Quem Vem ecoar pela Esplanada Ferroviária, que uma multidão tomou as ruas, no último dia de Carnaval, em Campo Grande.

Desde a última sexta-feira com a estreia do Bloco Tropicanapa, seguido de Cordão Valu, Blocos Oficiais e Capivara Blasé, a estimativa é que mais 120 mil pessoas passaram pela região onde Carnaval aconteceu com alegria e muitas estreias.

Não há como negar que foi o ano da garotada, em que a geração 2000, prestes a completar 18 anos, tomou as ruas pela primeira vez. Muitos menores de idade também aproveitaram folia. Com ou sem responsáveis, a meninada esteve presente fazendo festa, bebendo, dançando e curtindo o Carnaval feito adulto.

 

Marcelo foi montado em um dinossauro.Marcelo foi montado em um dinossauro.

Mas a alegria dos blocos de rua não tem idade e só prova que tem ganhado de vez o coração do campo-grandense. Em mais um ano, Silvana Valu, fundadora do cordão, terminou a noite emocionada com um público de 25 mil nesta terça. “É uma alegria imensa fazer essa despedida e ver que em mais um ano, mesmo com todas as dificuldades, que são muitas, nós conseguimos colocar esse bloco na rua. E ele só acontece porque o público está aqui”, comentou.

A chuva também não deu trégua das 19h45 até 21h30 durante apresentação do cantor Chokito, que subiu ao palco e animou os foliões que deram de ombros para a chuva e curtiram a folia debaixo d'agua.

Mas antes do aguaceiro teve folião famoso que mal conseguiu andar pelas ruas da Esplanada Ferroviária sem ser abordado para uma foto por conta da fantasia. A drag queen Andromeda Black, 30 anos, foi de Pabllo Vittar, cantora que virou fenômeno do pop brasileiro. “Já perdi as contas de quantas vezes parei para tirar foto. Escolhi essa fantasia porque Pabllo faz sucesso, né”, justifica.

Vestidos do personagem central da série “Onde está Wally”.Vestidos do personagem central da série “Onde está Wally”.
Unicórnio de sucesso.Unicórnio de sucesso.

Não foi diferente com o soldado do Exército João Vitor Pereira de Menezes, de 19 anos, que apareceu com uma roupa de unicórnio da irmã. Mesmo com calor, ele não abriu mão da fantasia e recebeu até oferta de foliões. “Tem gente que me para e pede para eu vender. Todo mundo quer essa roupa”, diz.

Vestidos do personagem central da série “Onde está Wally”, o grupo de amigos do curso de Arquitetura mais uma vez chamou atenção. Em anos anteriores a turma foi vestida de Power Rangers, Meninas Super Poderosas, Caverna do Dragão e, neste ano, foram até de ginastas dos anos 80. “A gente sempre vem com uma fantasia que integra todo o grupo. O público fica doido, no ano em que viemos de Power Rangers, mal conseguimos andar no Carnaval”, conta o arquiteto Davidson Peixoto, de 27 anos.

estudante Marcelo Augusto Mendes dos Santos, de 21 anos, investiu para sair na avenida montado em um dinossauro inflável. “Paguei R$ 140 pela internet, eu estava procurando algo diferente e achei ele muito divertido. Todo mundo quer montar”.

Mas a folia não acabou. Apesar do Cordão Valu fechar a programação carnavalesca, no próximo sábado (17), o Capivara Blasé retorna a Esplanada Ferroviária para o tradicional Enterro dos Ossos a partir das 16h na rua Temístocles.

 




PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Imobiliaria12
PUBLICIDADE