PUBLICIDADE

Comerciante é preso por estocar e vender gasolina em lava-rápido


PUBLICIDADE

16/05/2018 10h29 - Atualizado em 16/05/2018 11h37

Comerciante é preso por estocar e vender gasolina em lava-rápido

Homem aproveitou crise de desabastecimento, estocou gasolina e usou redes sociais e aplicativos para anunciar litro por R$ 6,50

Helio de Freitas, de Dourados


Um comerciante foi preso no início desta tarde em Dourados, a 233 km de Campo Grande, acusado de venda clandestina de gasolina. Ele aproveitou a crise de abastecimento gerada pela greve nacional dos caminhoneiros, estocou o combustível em galões e estava fazendo a venda ilegal no lava-rápido de sua propriedade.

O homem, que ainda não teve a identidade revelada, foi preso pelo SIG (Serviço de Investigações Gerais) e levado para a delegacia da Polícia Civil. Pelo menos 180 litros de gasolina foram apreendidos.

Segundo a polícia, o comerciante usou grupos de WhatsApp e o classificado do Facebook para anunciar que tinha cem litros de gasolina para vender a R$ 6,50 o litro no dinheiro.

O delegado Rodolfo Daltro, chefe do SIG, confirmou a prisão e disse que ainda nesta tarde divulga mais informações sobre o caso. Ele analisa ainda se outra pessoa envolvida no caso também será presa.





PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Imobiliaria12
PUBLICIDADE