PUBLICIDADE

Copa do Mundo começa com goleada dos donos da casa por 5 a 0


PUBLICIDADE

14/06/2018 13h02

Copa do Mundo começa com goleada dos donos da casa por 5 a 0

Paulo Nonato de Souza


 Começou a Copa do Mundo de 2018 na Rússia. E foi da melhor maneira para os donos da casa, que reforçados do lateral brasileiro Mário Fernandes venceram o jogo de abertura da competição da Fifa com vitória de 5 a 0 diante da Arábia Saudita, nesta quinta-feira, no Estádio Luzhniki, em Moscou.

 
PUBLICIDADE

A bola rolou logo após a cerimônia tradicional de abertura, que desta vez teve duração de apenas meia hora, e nesta edição teve a participação da soprano russa Aida Garifullina e do cantor britânico Robbie Williams, além do ex-atacante brasileiro Ronaldo Fenômeno.

 

Foi um jogo de duas seleções sem muitas pretensões na competição, e o estádio em Moscou certamente ficou lotado por duas razões: a Rússia joga em casa e o confronto era de abertura da Copa do Mundo, o que por si só já chama a atenção do público.

Empurrada pela sua torcida, a Rússia fez um primeiro tempo de bom futebol, apesar da falta de qualidade dos seus jogadores, e abriu vantagem de 2 a 0 com Gazinskiy, aos 11 minutos, e Cheryshev, aos 42 minutos da etapa inicial.

O primeiro gol da Copa do Mundo de 2018 saiu de uma jogada de cruzamento na área. Depois do rebote da defesa, Golovin dominou e cruzou para Gazinskiy cabecear da entrada da área e a bola entrou no canto direito do goleiro saudita.

Já o segundo gol teve a marca do russo-brasileiro Mário Fernandes. Ele tentou um lançamento pelo setor direito, mas optou por deixar a bola com Smolov, que entrou na área e tocou para Zobnin ajeitar para o gol de Cheryshev pouco depois de entrar no jogo em lugar de Dzagoev que saiu lesionado.

No segundo tempo, a Rússia fez pressão no campo da Arábia Saudita, criando muita dificuldade para o time árabe sair jogando, e aos 25 minutos ampliou o placar para 3 a 0 com Dzyuba, que tinha acabado e entrar no lugar de Smolov. Na sequência, aos 28 minutos, Al-Dawsari arriscou o chute de fora da área e mandou a bola por cima do gol.

Aos 47 minutos, Cheryshev fez 4 a 0, e logo em seguida, em cobrança de falta, Golovin fechou a conta em 5 a 0. O jogo teve 78.011 torcedores pagantes. A arbitragem foi do argentino Néstor Pitana, auxiliado por seus compatriotas Juan Pablo Belatti e Hernán Maidana.


 
 




PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Imobiliaria12
PUBLICIDADE