PUBLICIDADE

Em quatro anos, Governo vai realizar sonho de 17 mil famílias com a casa própria


PUBLICIDADE

16/11/2018 06h45 - Atualizado em 16/11/2018 07h50

Em quatro anos, Governo vai realizar sonho de 17 mil famílias com a casa própria

Bruno Chaves


 Campo Grande (MS) – Mais de 17 mil famílias sul-mato-grossenses serão beneficiadas com a casa própria no primeiro mandato do governador Reinaldo Azambuja. Balanço da Agência de Habitação popular de Mato Grosso do Sul (Agehab) revela que foram 16.250 moradias entregues entre janeiro de 2015 a outubro de 2018. Outras 1.279 serão repassadas em novembro e dezembro deste ano.

Um dos eventos de inauguração mais recentes foi feito este mês em Iguatemi. Lá, Evanilda dos Santos Ratier, 53 anos, foi uma das beneficiadas do loteamento Waloszek Konrad. “Foi uma benção, esperava há 10 anos pela casa. Viver em casa alugada, de um lado para o outro é um sofrimento”, afirmou no dia da entrega.

Os números da habitação revelam que foram garantidas em todo o Estado 26,2 mil unidades habitacionais no primeiro mandato. O cálculo considera moradias entregues, em construção e contratadas pelo poder público.

São vários os programas habitacionais ativos em Mato Grosso do Sul. A maioria deles tem parceria com as prefeituras municipais e a União. Mas os que mais se destacam são os projetos Lote Urbanizado e FGTS Subsidiado – criados pela Agehab para driblar a escassez de recursos federais. Os projetos, inclusive, foram premiados a nível nacional.

Este mês, governador entregou 120 moradias em Iguatemi.

Para Reinaldo Azambuja, reduzir o déficit habitacional sempre foi uma das prioridades de governo.  “A casa própria dá dignidade à família e melhora a qualidade de vida. Investir em habitação é investir nas pessoas”, avalia o governador. Segundo ele, quando entregues, as moradias beneficiam, em sua maioria, mulheres e pessoas com renda familiar baixa.

 





PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Imobiliaria12
PUBLICIDADE