PUBLICIDADE

Nova proposta


PUBLICIDADE

05/01/2019 07h20

Nova proposta

Frei Venildo Trevisan:


 

Felizes somos por iniciar um novo ano, uma nova etapa e uma nova proposta. Muitos esperavam chegar onde chegamos e não conseguiram. E nós, que conseguimos, precisamos olhar e acolher essa nova proposta com fé e coragem. Não poderemos ficar lamentando insucessos passados, falhas e outras situações negativas.

Precisamos assumir, construir e realizar. Não poderemos ficar apenas defendendo nossas ideias, nossos princípios e nossos empreendimentos. Precisamos criar algo novo, novas ideias, novos projetos e novos sentimentos. Precisamos cultivar a mansidão e a doçura.

Essa seria a maneira elegante de começar o novo ano. E iniciar apresentando ao mundo um conteúdo de bons conceitos, de boas atitudes e de ricos valores morais. Demonstrar alegria e paz de espírito. Transparecer no olhar uma alma saudável, simples e serena.

Nada de tristezas, nada de inquietudes, nada de inveja e nada de cobranças. Tudo deverá convergir para irradiar contentamento e alegria. Será preciso pensar bem antes de assumir algo. Pois esse assumir envolve um grande respeito e muito bom senso, pois requer um compromisso de garantir um ano feliz.

Não só isso! Requer também que a maneira pessoal de coordenar os desejos e conduzir os propósitos seja expressão de uma alma feliz. Nada de inércia, nada de comodismo e nada de medo. Em tudo perceber viva a sabedoria de Deus que, se cuida da erva do campo, quanto mais cuidará de cada criatura e de cada ser humano!

É preciso confiança. Mesmo que, no passado, nem tudo tenha agradado, agora é outra era e outra oportunidade. Não perca tempo em lamentar. Ganhe tempo em confiar e construir. Seja como for e aconteça o que acontecer, confie na graça divina e na capacidade pessoal.

Vamos viver o hoje. O ontem já passou e está no museu. O amanhã ainda está para vir. Só o hoje nos pertence. E viver o hoje é assumir os compromissos como tarefa pessoal. E, para quem acredita, erros não existem. Existem experiências que geram novos conhecimentos. 

Então é maravilhoso viver. Não importa a idade biológica. O que importa e engrandece é viver o momento presente como dádiva divina. Aproveitar as energias para realizar algo grandioso em favor da humanidade. Sentir-se presença edificante dessa humanidade.

Nisso se revela a grandeza da alma abrigada num corpo fragilizado, mas disponível ao bem dos demais. Por onde andar estará semeando a paz e o bem. Estará semeando a alegria e a bondade. Estará semeando o otimismo e a ternura. Estará semeando a vida e vida feliz.

Entrar nesse novo ano com uma nova proposta. Jamais repetir o passado, mas criar um novo para o presente: um novo modo de acolher, de perdoar e de orientar. Criar uma outra proposta de aceitar as pessoas com suas fraquezas e suas esperanças.

Fazer de si uma proposta de felicidade. Isto é, favorecer o cultivo da alegria interior expressada no olhar. Favorecer a beleza do amor revelado nos gestos. E apresentar a sublimidade da fé partilhada na paz.

 




PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE