PUBLICIDADE

Sem legista, família aguarda angustiada liberação do corpo de motociclista


PUBLICIDADE

20/01/2019 17h47

Sem legista, família aguarda angustiada liberação do corpo de motociclista

Cleyton Lourenço do Carmo morreu em acidente entre moto e caminhonete, na madrugada deste domingo

Liniker Ribeiro


 Familiares do motociclista de 34 anos Cleyton Lourenço do Carmo, que morreu após acidente envolvendo uma moto e uma caminhonete, na madrugada deste domingo (20), em Aquidauana – a 135 quilômetros da Capital – aguardam há pelo menos 12h pela liberação do corpo. Segundo eles, o único médico legista do IML (Instituto Médico Legal) da cidade, estaria de férias, sendo preciso esperar a chegada de um profissional da Capital.

“O acidente foi por volta de 1h e pediram para aguardar até às 6h porque seria o horário que o legista atenderia. Porém passou o tempo e nada. Por volta das 9h vieram falar ele está de férias e não tem nenhum outro na cidade”, revelou uma prima da vítima, que preferiu não se identificar.

Ainda segundo ela, a solução apresentada aos familiares foi aguardar um médico legista sair da Capital, mesmo assim, não confirmaram que isso aconteça, nem mesmo o horário previsto para liberação.

“A família está angustiada, querendo saber se vai dar certo”, completa a familiar. A reportagem entrou em contato com o IML de Aquidauana, mas as ligações não foram atendidas.

 

 
 




PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE