PUBLICIDADE

Técnicos do hospital Sírio-Libanês apresentam para o governador do Estado programa que será implantado no HRMS


PUBLICIDADE
  • mell280

14/03/2019 07h22

Técnicos do hospital Sírio-Libanês apresentam para o governador do Estado programa que será implantado no HRMS

Airton Raes


 Campo Grande (MS) – O governador Reinaldo Azambuja, recebeu nesta quarta-feira (13.3) técnicos do hospital Sírio-Libanês, para falar sobre a implantação no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS).

A equipe do Hospital Sírio-Libanês irá realizar consultoria para o HRMS através de um dos projetos do Proadi-SUS, chamado “Lean nas Emergências”. O Objetivo é melhorar o atendimento e desafogar o fluxo na Unidade Hospitalar, tornando a gestão mais eficiente. Técnicos do Sírio-Libanês visitaram o HRMS na manhã desta quarta-feira.

A gerente do Projeto “Lean nas Emergências”, Ana Carolina Brasil, explicou que uma equipe ficará no Hospital Regional por seis meses orientando na implantação do programa e após isso será feito o acompanhamento das ações. “Realizamos uma visita ao HRMS e vimos muitos pontos positivos no Hospital, como uma ótima estrutura e uma equipe engajada. Isso irá facilitar a realização de melhorias na Unidade”, disse.

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, destacou que o Hospital Regional é uma das prioridades na Saúde nessa gestão. “O Sírio Libanês é uma das instituições de maior credibilidade do País na área de gestão hospitalar, e o mesmo vai nos ajudar a discutir o papel do HRMS dentro do processo de regionalização da saúde em nosso Estado. Com isso, teremos condições de utilizar tecnologias que terão impacto positivo nos indicadores de eficiência interna, tornando-o uma unidade de excelência na prestação de serviços à população sul-mato-grossense”, destaca o secretário.

O Projeto “Lean nas Emergências” já foi implantado em 36 hospitais públicos em 17 Unidades da Federação. A implantação do Proadi-SUS no HRMS é uma decisão do Governo do Estado, que tem o objetivo de dar uma nova missão àquela unidade hospitalar, conforme defende Geraldo Resende. O Estado aderiu ao Programa no fim do mês passado.

 

 





PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE