PUBLICIDADE

Bonito continua como roteiro preferido de turistas em MS


PUBLICIDADE

16/05/2019 14h27

Bonito continua como roteiro preferido de turistas em MS

Existem 35 atrativos e 50 opções de lazer.

Silvio de Andrade


 É fato que a agricultura tem mudado o cristalino das águas do Formoso e do Prata, exigindo medidas conservacionistas do Estado e do município e o envolvimento da sociedade para protegê-los. Contudo, é fato também que a atividade turística em Bonito, um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil, não se alterou e continua atraindo milhares de visitantes.

 
Os 35 atrativos de natureza desse paraíso de água doce estão operando sem restrições, propiciando 50 atividades de tirar o fôlego, entre flutuação ao lado de cardumes, balneários, cachoeiras e grutas. Enquanto isso, discute-se um alinhamento das ações de conservação do solo nas bacias dos dois rios da cidade, que estão entre os mais transparentes do mundo.
 
O alardeamento em torno da turbidez das águas não mudou a rotina do município turístico, que deve bater recorde de visitantes este ano. Somente nos primeiros quatro meses, 76.139 brasileiros e estrangeiros estiveram na região, segundo o Bonito Convention & Visitors Bureau. O número é o mesmo registrado em 2016, considerada a melhor temporada.
 
“Com tudo isso que está acontecendo, o primeiro trimestre foi melhor que em 2016 e caminhamos para registrar o maior volume de turistas de todos os tempos”, comemora Augusto Monteiro, secretário municipal de Turismo. “Os rios têm desturvado muito rapidamente, voltando à normalidade sem afetar a visitação”, observa.
 
Segundo o secretário, as alterações na qualidade da água do Formoso e do Prata são consequências também da expansão urbana e das mudanças climáticas. A média anual de chuvas na região é de 1.800 milímetros e, somente entre fevereiro e abril, as precipitações chegaram a 900 milímetros. “A turvação não deixa de ser um fenômeno natural”, diz.
 
Baixa temporada
 
Neste período do ano, vale a pena visitar Bonito. Não apenas por suas belezas e pela manutenção integral dos passeios garantida pelo trade. É baixa temporada, os preços dos pacotes estão mais acessíveis e o agendamento tem de ser feito com antecipação, por conta da grande procura e limitação de visitação por equipamento.
 
As opções de passeios são as mais variadas; o difícil é decidir entre tantos atrativos. A pequena cidade se potencializa em natureza preservada, no entorno da Serra da Bodoquena, e não é por menos que é considerada uma referência mundial em ecoturismo com visitação controlada em um ambiente delicado – um diferencial dos demais destinos turísticos do Brasil.
 
 




PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE