PUBLICIDADE

Em busca de oportunidades de negócio e ACICG firma convênio com Câmara de Comércio da Argentina


PUBLICIDADE
  • mell280

10/10/2019 15h46 - Atualizado em 10/10/2019 16h48

Em busca de oportunidades de negócio e ACICG firma convênio com Câmara de Comércio da Argentina

assessoria


Em busca de oportunidades de negócio e ACICG firma convênio com Câmara de Comércio da Argentina
 
Divulgação_Governo de Jujuy.jpeg
O ato de assinatura foi realizado na Casa do Governo de Jujuy, na Argentina,
na manhã desta quinta-feira.
 
 
Em continuidade ao processo de internacionalização da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG), diretores da entidade estão na Argentina, para a assinatura de dois acordos de cooperação com outras entidades representativas do comércio, indústria e serviços das províncias de Jujuy e Tucumán. O primeiro convênio foi assinado na manhã desta quinta-feira (10), com a Câmara de Comércio Exterior de Jujuy, e tem por objetivo fortalecer a integração econômica e intensificar o desenvolvimento de investimentos e oportunidades de negócios entre as duas regiões. 
 
O presidente da ACICG, João Carlos Polidoro diz que um dos reflexos dos acordos assinados é facilitação do processo de importação e exportação, uma vez que possibilita que as operações de nacionalização e de saída de mercadorias sejam feitas em Campo Grande, onde existe um porto seco com grande ociosidade. “Haverá uma enorme redução dos custos de logística por conta da utilização de modais alternativos. As reduções de custos logísticos, aliadas à redução da burocracia e tempos de despacho aduaneiro trarão mais competitividade ao mercado local, além do desenvolvimento de um novo segmento de mercado, da operação logística, que é praticamente inexistente. Com isso, se ampliam os interesses em novos investimentos na cidade e no Estado”, destacou. 
 
Entre as ações previstas no documento, as câmaras de negócios vão cooperar para estimular projetos por meio do intercâmbio de informações e da realização de atividades conjuntas. O objetivo é tornar visível e aprimorar as oportunidades de negócios e as vantagens que ambas as regiões oferecem em termos de comércio exterior e atração de investimentos. 
 
“A proximidade geográfica com a maior economia da América Latina é uma grande vantagem que oferece aos exportadores de Jujuy uma oportunidade muito interessante, já que o Brasil ocupa o oitavo lugar na paridade do poder de compra. Queremos fortalecer o relacionamento com o Brasil para obter maior integração e, assim, poder sair ao mundo em uma aliança estratégica do Mercosul. Vamos tentar avançar em uma agenda de trabalho bilateral séria, produtiva e pragmática”, disse o chefe da Câmara de Comércio Exterior da Jujuy, Jorge Gurrieri. Além de Gurrieri, Sebastián Lucero e Martín Llanos representaram a entidade. 
 
O emissário da ACICG na Argentina, Darío Guerrieri comentou sua expectativa com os convênios e os benefícios econômicos que podem ser gerados para Mato Grosso do Sul: “Campo Grande importa produtos básicos como batatas, feijão e frutas de outros estados brasileiros, e Tucumán e Jujuy são províncias produtoras. Os convênios assinados nesta viagem contribuirão com a economia de MS e da sua população, pois a logística será mais barata. Todos os produtos importados primeiro vão para São Paulo, por exemplo, e depois chegam a Campo Grande. Quando você compara, percebe que a rota entre Campo Grande e Buenos Aires é menor que a praticada atualmente, via São Paulo, e nota-se, portanto a redução de custos e de tempo nessa logística”, destacou.
 
Compõem a comitiva da Associação Comercial o presidente da entidade, João Carlos Polidoro, o emissário argentino da ACICG, Rubén Guerrieri, o primeiro-secretário da Associação, Roberto Oshiro, a coordenadora do departamento de Comércio Exterior, Raphaela Bandeira, o conselheiro fiscal Nilson Carvalho, o terceiro-secretário, Lodomilson Alexandre, o economista-chefe, Normann Kallmus, e a proprietária da empresa Crafty, Regina Aparecida Câmara Rodrigues.  
 
Também participaram do encontro os representantes do governo de Jujuy: secretário de Desenvolvimento Industrial e Comercial, Diego Suárez, Secretário Mineração Miguel Mauricio Soler, e o  ministro de Desenvolvimento Econômico e Produção da Argentina, Juan Carlos Robles.  
 
Ainda nesta quinta-feira, a comitiva da Associação Comercial segue para a segunda província, onde será assinado um termo de cooperação com a Federación Económica de Tucumán.
 
 
 




PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE