PUBLICIDADE

Especulações colocam Takimoto e Barbosinha como possíveis candidato de André


PUBLICIDADE

25/08/2011 13h50

Especulações colocam Takimoto e Barbosinha como possíveis candidato de André

GD News


 

George Takimoto é um dos nomes cogitados

 

As proximidades com as eleições municipais começam a levantar rumores sobre quem serão os candidatos que concorrerão com Murilo Zauith, hoje no PSB, ao cargo de prefeito da segunda maior cidade do Mato Grosso do Sul.

 

Apesar do grande bloco, formado por 15 siglas nas eleições extemporâneas de janeiro em Dourados, alguns começam a dar sinais que focarão o trabalho para eleger representantes de seus partidos. 

Geraldo Resende, Délia Razuk e Marçal Filho são os nomes do PMDB para o próximo pleito, assim como o candidato do PSDC, Geraldo Salles, que concorreu contra Zauith no começo do ano, já colocou-se como pré-candidato.

 

Certeza mesmo, por enquanto só o apoio PT, já que recentemente o deputado estadual Laerte Tetila, disse que não vê motivos para que a aliança com o ex-vice-governador termine, já que “tudo o que foi combinado entre nós vem sendo cumprido”.

 

Outro nome que ganhou repercussão semanas atrás, foi o do deputado estadual George Takimoto, do PSL. Fontes ligadas ao PT da capital, disseram que o médico seria um dos nomes preferidos pelo governador André Puccinelli (PMDB) em Dourados.

 

O apoio do governador ao deputado seria uma bomba nos planos dos candidatos da sigla, que esperam ter no mandatário, o principal cabo eleitoral no ano que vem. Porém, o político disse que não tem o interesse em se colocar à disposição para a disputa da prefeitura.

 

Jornal Gran Dourados tentou contato com Takimoto durante a semana, mas, não conseguiu retorno por parte da assessoria, que informou que ele estaria atendendo em uma clínica de oncologia em Dourados. Em uma nova, tentativa, desta vez com a assessoria do parlamentar em Campo Grande, o responsável pelas informações do deputado não atendeu as ligações realizadas pela redação.

Porém, recentemente, Takimoto comentou em entrevista a um jornal local, que comandar o município é uma tarefa bastante árdua e que não tem mais idade para estar à frente do Executivo. Ele cita também que o seu principal foco, no momento, é a Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul, onde assumiu no início do ano os seus trabalhos.

 

Outro nome que também tem ganhado força nos bastidores é o do atual presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa, o “Barbosinha”, que também teria sido convidado por Puccinelli a trocar o DEM pelo PMDB, visando a eleição municipal em Dourados.

 

Em meio às especulações diárias sobre os nomes para concorrer à prefeitura de Dourados, é sabido que o atual prefeito terá pela frente alguns ex-aliados para “bater”.





PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE