20/04/2017 13h23 - Atualizado em 20/04/2017 13h23

Mesmo com aprovação da PEC, Coronel David mantém luta por melhorias na área da segurança pública

assessoria


 

 
Por 17 votos a cinco, a Assembleia Legislativa aprovou em segunda votação a proposta que limita os cargos do governo estadual por 10 anos

O deputado estadual Coronel David (PSC) se reuniu no fim da tarde desta terça-feira (18) na sede da OAB/MS, com representantes da segurança pública de Mato Grosso do Sul, após aprovação em sessão ordinária da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 01/2017 do Poder Executivo, que limita os gastos públicos do Governo.

No encontro, o parlamentar juntamente com autoridades das polícias militar e civil, representantes da ABSS, da OAB/MS, ACICG/MS, entidades representativas da sociedade civil organizada e Conselhos Comunitários de Segurança Pública, debateram sobre formas de continuar buscando investimentos para a segurança pública, mesmo com a aprovação da PEC. “Fizemos diversas reuniões com entidades representativas, membros da assembleia legislativa e até mesmo com o Governo do Estado para dialogar sobre a permanência de investimentos para a segurança do nosso MS. Agora que a PEC foi aprovada, eu, como membro da segurança pública há mais de 30 anos, deputado estadual e presidente da Comissão de Execução Orçamentária, vou continuar cumprindo o meu dever, que é exigir melhorias e investimentos necessários para que a população seja atendida a contento em relação à segurança pública no Mato Grosso do Sul”, decretou o deputado. 

De acordo com o presidente da Comissão de Segurança Pública da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), José Evaristo de Freitas Pereira, a aprovação da PEC trará muitos prejuízos à segurança no Estado. “Tentamos o diálogo, buscamos argumentar em diversas situações com o Executivo, mas infelizmente não tivemos o esperado. Apesar de considerar esse cenário desastroso para os interesses da sociedade, não podemos nos acomodar com essa situação e desistir dos nossos objetivos, que é o de buscar melhorias na segurança para o bem da nossa sociedade”, disse o presidente. 

A proposta limita os cargos do governo estadual por 10 anos e o crescimento dos gastos nesse período será restrito à inflação medida pelo IPCA, acumulada no período de 12 meses, com acréscimo de 20% do crescimento real da Receita Corrente Líquida. O percentual poderá ser elevado em até 50% a depender do comportamento da receita.

-- 
Assessoria de imprensa Deputado estadual Coronel David 

Média: Mesmo com aprovação da PEC, Coronel David mantém luta por melhorias na área da segurança pública     0,0 estrelas      
Vote nesta matéria


Leia mais notícias de Geral


  • WhatsApp TUDODOMS459

publicidade
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Imobiliaria12

colunas

Maracaju tudodebom

Identificação do eleitor não funciona como teste

Hosana de Lourdes



Blog do Clóvis de Oliveira

Xiitas, quase em extinção, ainda boicotam ato peti

Clóvis de Oliveira



Conta Gotas

Bastidores da politica em Maracaju

Hosana de Lourdes



mais colunas »