20/04/2017 15h40

Homem é encontrado morto com mãos amarradas 7 dias após sair da cadeia

Helio de Freitas, de Dourados


Corpo foi encontrado em decomposição em terreno baldio (Foto: Ta na Mídia Naviraí)Corpo foi encontrado em decomposição em terreno baldio (Foto: Ta na Mídia Naviraí)
Diego tinha sido preso em Dourados, no ano passado (Foto: Dourados News)Diego tinha sido preso em Dourados, no ano passado (Foto: Dourados News)

O corpo de um home de 27 anos de idade foi encontrado ontem (19) com as mãos amarradas em um terreno baldio em Naviraí, cidade a 366 km de Campo Grande. De acordo com a polícia, a vítima foi identificada como Diego Ramos de Carvalho, 27, natural do Rio de Janeiro.

Diego era ex-presidiário e tinha deixado a penitenciária de Naviraí no dia 12 deste mês. Conforme a polícia, o corpo estava em decomposição, indicando que a morte tenha ocorrido há vários dias.

Ele tinha sido preso pela Polícia Militar em outubro do ano passado em Dourados, quando viajava para o Rio de Janeiro com 21 quilos de maconha.

Identificado como membro de uma facção criminosa do Rio de Janeiro, Diego foi transferido para Naviraí, para aguardar o julgamento, ocorrido no dia 28 de março deste ano.

Diego foi condenado a cinco anos de prisão em regime semiaberto pelo juiz da 2ª Vara Criminal de Dourados, Marcus Vinicius de Oliveira Elias, que expediu alvará de soltura para que ele deixasse o presídio. A ordem foi cumprida duas semanas depois.

Como o corpo estava em decomposição, apenas o laudo do legista poderá revelar a causa da morte. O rapaz estava de calça e sem caminha quando foi amarrado e morto.


Média: Homem é encontrado morto com mãos amarradas 7 dias após sair da cadeia     0,0 estrelas      
Vote nesta matéria


Leia mais notícias de Geral


  • WhatsApp TUDODOMS459

publicidade
  • academia374
  • museu da cachaça319
  • Imobiliaria12

colunas

Maracaju tudodebom

Identificação do eleitor não funciona como teste

Hosana de Lourdes



Blog do Clóvis de Oliveira

Xiitas, quase em extinção, ainda boicotam ato peti

Clóvis de Oliveira



Conta Gotas

Bastidores da politica em Maracaju

Hosana de Lourdes



mais colunas »