PUBLICIDADE

Mãe de bebê com crânio fraturado aparece e diz que não se lembra o que aconteceu


PUBLICIDADE
  • mell280

04/07/2020 18h47

Mãe de bebê com crânio fraturado aparece e diz que não se lembra o que aconteceu

Silvia Frias


 A mãe do bebê de 5 meses que sofreu fratura no crânio apresentou-se à Polícia Civil de Costa Rica, a 330 quilômetros de Campo Grande. Ele foi transferido para Santa Casa da capital para ser submetido a exames e análise neurológica, em estado considerado delicado. O pai da criança está sendo procurado, suspeito de agressão à mulher e, na sequência, ter sido responsável pelo ferimento no recém-nascido.

 
 
Segundo informações obtidas pela reportagem, a mulher de 33 anos voltou hoje à delegacia e mostrou registro de nascimento atestando que ela é mãe do menino nascido no dia 4 de fevereiro de 2020 e que hoje completa 5 meses.
 
A mulher foi liberada. O depoimento formal somente será registrado na segunda-feira, já que, no fim de semana, a delegacia funciona em regime de plantão e somente oficializa casos de flagrantes. Informalmente, ela disse que foi agredida pelo companheiro, de 24 anos, mas não se lembra direito do que aconteceu, pois estava bêbada. A mulher acredita que tenha caído por cima do filho e essa teria sido a causa da fratura na caixa craniana.
 
Segundo o Conselho Tutelar, que recebeu a denúncia ontem à noite e acompanhou o caso, a mulher disse que o companheiro arremessou um frasco de vidro de perfume e a atingiu na cabeça, provocando corte em dos lóbulos da orelha. Ela foi encontrada na rua, com a criança coberta de sangue nos braços.
 
Depois que a mulher foi socorrida e levada ao hospital, o bebê foi levado ao abrigo, chorando muito e coberto com o sangue da mãe. No banho, a cuidadora e as conselheiras notaram o inchaço na cabeça e o recém-nascido foi levado para exame.
 
 
De acordo com o conselho, a fratura foi constatada na tomografia feita no hospital de Costa Rica. Por isso, foi pedida a transferência imediata para Santa Casa de Campo Grande, onde o bebê foi internado hoje, às 4h.
 
Na Santa Casa, a assessoria informou que o bebê seria submetido a outro exame tomográfico para averiguar a gravidade do hematoma na região pariental direita, mas ele está ativo, respondendo aos estímulos e respirando sem ajuda de aparelhos.
 
De acordo com a Polícia Civil, além do depoimento dela, testemunhas ainda serão ouvidas para andamento do inquérito. O companheiro, de 24 anos, teria fugido após a discussão com a mulher e está sendo procurado. Ele já foi identificado e, conforme registro policial, os dois têm diversas passagens por furto.
 
 




PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE