PUBLICIDADE

Governo do Estado: Vista Alegre 38 unidades habitacionais estão em andamento


PUBLICIDADE

22/11/2020 13h46 - Atualizado em 22/11/2020 14h54

Governo do Estado: Vista Alegre 38 unidades habitacionais estão em andamento

Lotes urbanizado é projeto do Governo do Estado, para a gestão de Marcos Calderan o governador Reinaldo Azambuja tem o compromisso de mil unidades habitacionais com Maracaju.

Hosana de Lourdes


No distrito de Vista Alegre localizado 50 quilômetros da zona urbana de Maracaju, 38 unades habitacionais estão em andamento e devera ser entregue em 2020 na gestão de Marcos Calderan. A contemplação com os lotes urbanizados na área denominada “Nova Vista Alegre”  atende a familias de baixa renda. A Agência Estadual de Habitação (AGEHAB), a prefeitura municipal assinaram os contratos do Projeto “Lote Urbanizado” e que já foram entregues a moradores.
 
 
 
 
A secretaria, Maria do Carmo Avesani Lopez, lembrou que a implantação do Projeto para a construção das casas, que cada um dos contemplados dentro das regras e exigências do “Lote Urbanizado” vão poder realizar o sonho da Casa Própria.
 
 
 
 
“Eu tenho orgulho em dizer que participei desta vitória com vocês, que são grandes guerreiros e guerreiras, cada fase desse projeto será importante. Com recursos próprios, iremos entregar suas casas levantadas até o respaldo, no jeito para vocês cobrirem e fazer o acabamento vocês tendo oportunidade de financiar pelo Governo a cobertura”, disse a secretaria no ato da entrega.
 
SOBRE O PROJETO LOTE URBANIZADO
 
O Projeto é viabilizado pela parceria entre Governo do Estado, Município e Cidadão beneficiado. De acordo com o regulamento, cabe ao Município adequar os lotes, realizar a limpeza, metragem, terraplenagem e acompanhar o andamento das obras, prestando assistência à família.
 
O Estado é responsável pela base da construção, sendo a fundação do imóvel, com contra piso, instalações hidráulicas sanitárias enterradas e primeira fiada de alvenaria, além de liberar o financiamento ao morador para finalizar o restante da obra. Como a Prefeitura levantará as paredes das casas, o beneficiado vai arcar com os custos da estrutura metálica, telhado, parte hidráulica, elétrica e acabamento.
 
A partir da liberação do financiamento, o proprietário terá até 24 meses para concluir a obra, dar entrada no HABITE-SE e, enfim, morar na casa própria. O pagamento da primeira parcela também tem o mesmo prazo. Caso o beneficiado descumpra alguma cláusula do contrato ou norma do Projeto, a Prefeitura poderá reaver a área.
 
 




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • academia374
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE