PUBLICIDADE

Safra de Mato Grosso do Sul supera estimativa e atinge recorde de produção


PUBLICIDADE

14/01/2021 07h27

Safra de Mato Grosso do Sul supera estimativa e atinge recorde de produção

São 21,99 milhões de toneladas, aumento de 15,82% na comparação com o ano anterior.

Gabriel Neris


 O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de dezembro de 2020, divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), aponta que Mato Grosso do Sul consolidou a estimativa para o ano em relação a área plantada e colhida, passando de 5,7 milhões de hectares para 5,9 milhões de hectares.

 
 
A produção estimada de cerais, leguminosas e oleaginosas atingiu recorde. São 21,99 milhões de toneladas, aumento de 15,82% na comparação com o ano anterior.
 
 
Soja, milho e algodão, três principais produtos, representam cerca de 99% da produção de Mato Grosso do Sul e responderam por 97,5% da área colhida. Algodão (-16,5%) e milho (-0,53%) tiveram decréscimo de área, porém a soja apresentou expansão de 8,3%.
 
O Estado tem a quinta maior participação na produção de cereais, leguminosas e oleaginosas do Brasil, responsável por 8,6% da produção nacional.
 
A soja apresentou acréscimo de 25,8% na produção, um acréscimo de 2,25 milhões de toneladas, totalizando 11 milhões em 2020. A área colhida de soja cresceu 8,3%, total de 3,12 milhões de hectares.
 
A produção de arroz no ano passado foi de 52.249 toneladas, queda de 3%. A área plantada atingiu 9,4 mil hectares, redução de 1,38%.
 
Conforme o IBGE, a área colhida do algodão herbáceo atingiu 31,6 mil hectares, redução de 16,50% na comparação com 2019. O feijão primeira safra ficou em 102 hectares e o milho primeira safra fechou em 16,8 mil hectares.
 
A estimativa de produção do trigo em Mato Grosso do Sul atingiu 72,5 mil toneladas. Já a aveia ficou em 81 mil toneladas.
 
 
 




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • academia374
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE