PUBLICIDADE

Prejuízos da chuva e 'pitada' social são prioridades de novos secretários


PUBLICIDADE

22/02/2021 12h13

Prejuízos da chuva e 'pitada' social são prioridades de novos secretários

Novo titular da Seinfra, Eduardo Riedel, disse que é preciso auxiliar municípios; na Segov, Sérgio Murilo fala dos "esquecidos"

Por Silvia Frias e Gabriela Couto


 O novo titular da Seinfra (Secretaria Estadual de Infraestrutura), Eduardo Riedel, disse que a prioridade é atender os municípios de MS mais atingidos pelas chuvas, com formação de “força-tarefa com dedicação total” para serviço de recuperação de estradas e pontes. Já o novo secretário de Governo, que assume a função de Riedel, disse que pretende dar uma "pitada" social a mais nas ações da pasta.

 
Riedel, o nome cotado como candidato a governador em 2022, deixou a Segov (Secretaria Estadual de Governo) para assumir a Seinfra, conforme anúncio oficial do governador Reinaldo Azambuja, hoje. No lugar dele, assume o empreiteiro e presidente do Podemos, Sérgio Murilo.
Eduardo Riedel, que assume a Seinfra, durante anúncio de mudança no governo (Foto: Henrique Kawaminami)
Eduardo Riedel citou alguns projetos em andamento, como as infovias digitai, o serviço de transporte de voz, dados e imagens por meio de construção de rede de fibra ótica, interligando os 79 municípios com 1,5 mil pontos de acesso, e novas estradas para facilitar acesso às rodovias.
 
Também falou sobre a licitação sobre a ponte do Rio Paraguai, em Porto Murtinho, a ser aberta em abril, com início da execução dos serviços em junho. Esta obra faz parte do projeto da Rota Bioceânica, que prevê o acesso à ponte internacional Brasil/Paraguai e respectivas instalações aduaneiras.
 
Hoje, o secretário irá reunir-se com técnicos do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) para tratar deste acesso até a BR-267.
 
No setor político, questionado se ainda é o pré-candidato ao governo de MS, o secretário preferiu não cravar projetos como os anunciados pela pasta. Disse apenas que “desde o primeiro dia está à disposição do partido”.
 
Presidente do Podemos, Sérgio Murilo, e, agora, o novo secretário Estadual de Governo (Foto: Henrique Kawaminami)
Presidente do Podemos, Sérgio Murilo, e, agora, o novo secretário Estadual de Governo (Foto: Henrique Kawaminami)
Mamão com açúcar – Já o novo titular da Segov, Sérgio Murilo, disse que não há qualquer “link partidário” no convite feito por Reinaldo para assumir a pasta.
 
Sérgio Murilo disse que recebeu o convite ontem à tarde, na casa do governador. Os dois tem relação estreita, sendo amigos desde a 8ª série, segundo o  novo secretário.
 
À frente da Segov, disse que teve garantia de ter a mesma autonomia que o antecessor tinha e irá trabalhar para dar continuidade aos investimentos previstos na ordem de R$ 4 bilhões em obras pelo Estado. Porém, também pretende dar uma “pitada” no social. “Os esquecidos e desaparecidos que apareceram nos números do IBGE após a pandemia serão cuidados antes do que nos outros Estados”, garantiu.
 
Murilo não exemplificou quais projetos são esses, mas diz contar com a estrutura deixada por Riedel.
 
"Assumo a missão com muita tranquilidade, porque o Riedel deixou a coisa como se fosse  um mamão com açúcar pela manhã; nós temos a experiência de percorrer os 79 municípios pelo Podemos. Não terei dificuldade nenhuma, porque o Eduardo Riedel já estendeu a mão para ajudar com todas as dúvidas e fazer com que a pasta continue com a cara dele e possa ter a velocidade que precisa ter", avaliou.
 
 




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • academia374
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE