PUBLICIDADE

Reinaldo Azambuja visita obra da BR-419 com ministro de Infraestutura e destaca integração logística


PUBLICIDADE
  • mell280

09/08/2021 17h00

Reinaldo Azambuja visita obra da BR-419 com ministro de Infraestutura e destaca integração logística

Silvio Andrade


 O governador Reinaldo Azambuja realizou, na manhã desta segunda-feira, visita técnica às obras de pavimentação do primeiro trecho da BR-419, entre Rio Verde e Rio Negro, ao lado do ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e destacou os investimentos do governo federal em novos eixos rodoviários que se integram à malha estadual e encurtam caminhos à Rota Bioceânica (Brasil-Chile), através de Porto Murtinho. 

“Sinto-me muito feliz por acompanhar o canteiro de uma grande obra estruturante, que tem uma importância ímpar para o desenvolvimento do Estado e de uma região carente de logística, beneficiando a uma nova fronteira agrícola que se expande”, disse o governador. Ele citou que a BR-419, além de interligar as regiões Norte e Sudoeste, também se conecta ao bloco rodoviário que o Estado está implantando no Pantanal e rompendo o seu isolamento. 

A visita técnica realizada no entroncamento da BR-419 com a MS-080, em Rio Negro, contou com a presença da ministra de Agricultura e Desenvolvimento Agrário, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias; dos senadores Nelsinho Trad e Soraya Thronicke; secretários estaduais Eduardo Riedel (Infraestrutura) e Jaime Verruck (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar); diretores do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e lideranças políticas da região.Governador e ministro visitaram trecho da obra em área de rochas

Parceria de resultados

O ministro Tarcísio Gomes de Freitas enfatizou o alinhamento do governo federal com o governador Reinaldo Azambuja, na articulação dos projetos estruturantes para o Estado, com a participação efetiva também da bancada federal. E garantiu os recursos (R$ 60 milhões) no orçamento da União de 2022 para execução do segundo trecho da pavimentação da rodovia, cuja ordem de serviço autorizou durante sua agenda em Campo Grande.Asfalto da BR-419 chega ao entroncamento com a MS-080, em Rio Negro

“Esse alinhamento forte entre os governos federal e estadual está se materializando aqui nesta obra da maior importância, integrando regiões em franco desenvolvimento”, citou o ministro. “Uma parceria que se traduz em outros investimentos de grande porte, como a melhoria dos aeroportos de Coxim, Dourados e Bonito, os contornos rodoviários de Campo Grande e Três Lagoas e a viabilização dos eixos ferroviários da Malha Oeste e Ferroeste”, completou.

Para o secretário Eduardo Riedel (Infraestrutura), a pavimentação da BR-419 – são 236 km entre Rio Verde e Aquidauana - é uma obra de extrema relevância para regiões em desenvolvimento do agronegócio e reforça a política integracionista do governador Reinaldo Azambuja de levar logística ao Pantanal e aos polos de turismo. “Com a BR-419, que segue até Jardim, vamos unir por asfalto a MS-345 (antiga estrada do 21), encurtando distâncias até Bonito”, disse. Produtor da região agradece benefício ao governador e ministro

Rota do Desenvolvimento

A obra executada pelo governo federal reduzirá em 100 km a distância da região Norte com o eixo rodoviário que integra a Rota Bioceânica e criará um novo corredor de desenvolvimento do setor agropecuário, observou Jaime Verruck, titular da Semagro. “É uma rota do desenvolvimento, onde também contempla o turismo, que tem sua complementação pelo nosso governo com projetos de infraestrutura logística em regiões como o Pantanal”, frisou.

O primeiro trecho da BR-419 em execução pela empreiteira Caiapó corresponde a 52 km de pavimento, entre Rio Verde e Rio Negro, dos quais 36 km estão concluídos. Das 11 pontes de concreto projetadas nesse lote, sete foram entregues. A ordem de serviço dada pelo ministro de Infraestrutura contempla o quarto lote, entre Aquidauana e o Rio Taboco (55,5 km), que deverá ser iniciado em março de 2022. Os outros dois lotes somam 127 km, sem previsão de execução.

Subsecretaria de Comunicação

Fotos: Chico Ribeiro






PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • academia374
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE