PUBLICIDADE

Deputado envia ofício à PF sobre investigação de fogo em casa de reza em MS


PUBLICIDADE

14/01/2022 13h41

Deputado envia ofício à PF sobre investigação de fogo em casa de reza em MS

Casa de reza da comunidade guarani-kaiowá foi incendiada em dezembro e comunidade acredita em atentado

Por Silvia Frias


 O deputado federal Fábi Trad encaminhou ofício à PF (Polícia Federal), MPF (Ministério Público Federal) e Funai (Fundação Nacional do Índio) pedindo providências na investigação sobre incêndio em casa de reza em Douradina, a 196 quilômetros de Campo Grande.



O atentado aconteceu no dia 29 de dezembro do ano passado, na aldeia guarani-kaiowá, e a comunidade acredita que tenha sido ato de “intolerância religiosa contra a religião, memória e patrimônio coletivo do povo”.

Em nota, o parlamentar listou crimes contra o povo indígena. “Os rezadores(as) Nhaderu e Nhandesy sofrem cercos frequentes e ameaças de morte por praticar a religião do povo Guarani-Kaiowá. Em 2011, foram incendiadas cinco oga pysy (casas de reza) Guarani-Kaiowá”. Trad informou que cobrou “providências práticas e urgentes contra todos os envolvidos nessa barbárie”.

O inquérito foi aberto e está sob investigação da PF.
Casa de reza foi incendiada em dezembro do ano passado (Foto: Aty Guasu/Reprodução)
O caso - O incêndio aconteceu por volta da 1h. Em relato à Polícia Civil, um homem, de 45 anos, que estava na casa ao lado com familiares, disse que a esposa, de 39, ouviu pessoas conversando do lado de fora, sentiu cheiro forte de gasolina e ouviu som semelhante ao de um disparo de arma de fogo.

Em seguida, ela relatou que o fogo começou a tomar conta da oca principal e consumiu toda a estrutura em poucos minutos. Posteriormente, a mulher disse ter visto duas pessoas saindo do local.






 




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • academia374
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE