PUBLICIDADE

Treinamento contra coronavírus passa a ser obrigatório em MS


PUBLICIDADE
  • mell280

23/03/2020 14h33

Treinamento contra coronavírus passa a ser obrigatório em MS

Paulo Fernandes


 Campo Grande (MS) – Servidores, colaboradores e estudantes do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, na Capital, passam a ser obrigados a realizar treinamento que será oferecido pelo Comitê Operativo de Emergência do Coronavírus/HRMS. A decisão consta em portaria publicada nesta segunda-feira (23.3) pela diretora-presidente da unidade, Rosana Leite de Melo.

De acordo com a publicação, o treinamento terá ênfase nas respectivas áreas de cada servidor. Essa é apenas uma das várias determinações que consta no documento.

A portaria determina também a intensificação do acompanhamento e monitoramento da frequência da limpeza dos banheiros, elevadores, corrimãos e maçanetas do Hospital Regional, além de providenciar a disponibilidade de álcool gel nas áreas de circulação e no acesso a salas de reuniões e gabinetes.

Estudantes, residentes, colaboradores e servidores que apresentarem sintomas da doença como febre, tosse, coriza e dificuldade para respira deverão procurar um serviço de saúde imediatamente ou contatar a Central de Atendimento ao Servidor criada pelo Comitê Operativo de Emergência Coronavírus/HRMS e aqueles que estão retornando de viagens internacionais e de Estados com transmissão comunitária deverão executar as atividades remotamente até o 14º dia a partir do seu retorno. Não haverá qualquer prejuízo na remuneração do servidor que executar suas atividades a distância.

Viagens nacionais e internacionais a serviço programadas ficarão cancelas enquanto perdurar o estado de emergência de saúde pública de importância internacional decorrente da Covid- 19 (doença causada pelo novo coronavírus).

De forma excepcional, não será exigido o comparecimento físico para perícia médica ou entrega de documento original daqueles que forem diagnosticados como caso suspeito ou confirmado e receberem atestado médico externo. O servidor ou estudante deverá fazer requerimento on-line e anexar o documento e encaminhar à Diretoria Administrativa ou à Diretoria de Ensino, Pesquisa e Qualidade Institucional.

A portaria é uma das medidas temporárias tomadas em âmbito da administração estadual para conter a pandemia em território sul-mato-grossense. Entre as decisões do Governo de Mato Grosso do Sul estão ainda o Regime Excepcional de Teletrabalho (home office), processo seletivo para contratação de mais profissionais de saúde, contratação de 207 leitos hospitalares, distribuição de 80 mil litros de álcool 70% (que vai começar nesta semana), suspensão das aulas, suspensão das férias de bombeiros e profissionais de saúde, compra emergencial de kits para fazer teste da doença e suspensão de cirurgias eletivas, entre outras.

Mato Grosso do Sul tem 21 casos confirmados de coronavírus (Covid-19) e 50 suspeitos, de acordo com o último boletim, divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde no domingo (22.3). Nenhuma morte foi registrada no Estado por conta da doença.

A portaria na íntegra pode ser conferida a partir da página 53 do Diário Oficial do Estado.

 





PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE