PUBLICIDADE

Noite teve 225 'furões' e 6 denúncias de festa clandestina, mas nenhum flagrante


PUBLICIDADE

27/06/2021 11h35

Noite teve 225 'furões' e 6 denúncias de festa clandestina, mas nenhum flagrante

Em blitz na Avenida Doutor Narsi Siufi com Rua Rio Brilhante, 657 veículos foram abordados

Por Caroline Maldonado


 A noite de sábado (26) e a madrugada de hoje (27) teve 225 pessoas furando o toque de recolher, seis denúncias de festa clandestina, mas ninguém foi preso pela GCM (Guarda CIvil Metropolitana), em Campo Grande. Apesar das denúncias, nenhuma festa foi flagrada pelos guardas.

 
 
Pelo telefone 153, a Guarda atendeu 454 pessoas, das 21h de ontem (26) até às 5h de hoje. Sete pessoas queriam informações sobre a covid-19, conforme o boletim divulgado pela Sesdes (Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social).
 
Volume 0%
Carregando anúncio
 
A operação da noite e madrugada contou com 82 guardas civis metropolitanos, em 19 carros e 14 motocicletas. Os guardas foram até 46 estabelecimentos comerciais, mas nenhum foi interditado ou notificado por essa patrulha. Já operação em parceria com a Vigilância Sanitária e outros órgãos de fiscalização teve três comércios interditados.
 
Em blitz na Avenida Doutor Narsi Siufi, esquina com Rua Rio Brilhante,  657 veículos foram abordados, das 17h de ontem até a meia noite. Todos foram convidados a fazer bafômetro, mas 28 pessoas se negaram e ninguém foi flagrado bêbado. Sete veículos foram removidos, na blitz que contou com 16 guardas, dois agentes da Agetran e quatro do Detran. A operação foi em conjunto com Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e Detran (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul).
 
 
 
 




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • academia374
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE