PUBLICIDADE

Agência Internacional de Energia intervém no mercado de petróleo


PUBLICIDADE

24/06/2011 14h50

Agência Internacional de Energia intervém no mercado de petróleo

Revista Época


A crise do petróleo, que fez os preços do produto dispararem nos últimos meses no mercado internacional, ganhou novo capítulo. O Jornal O Globo traz reportagem afirmando que a Agência Internacional de Energia (AIE) anunciou a liberação de 60 milhões de barris de petróleos das reservas de contenção de emergências. Os preços da commodity caíram imediatamente 6%. Segundo a apuração do jornal, serão liberados 2 milhões de barris por dia durante um mês – a maior parte desse volume vindo dos Estados Unidos, que têm a maior reserva do produto existente, de 727 milhões de barris. A medida, claro, causou reação dos congressistas americanos.

“Nossas reservas visam a resolver verdadeiras emergências, não preços altos politicamente inconvenientes”, afirmou em nota Karen Harbert, diretora-executiva do Instituto de Energia da Câmara. Já a Associação Nacional de Petroquímicas e Refinarias classificou a decisão como uma ação política que não trará qualquer benefício aos consumidores. “Em vez disso, deixará nossa nação vulnerável se furacões, outros desastres naturais ou uma crise externa provocarem uma verdadeira queda no fornecimento”.

A crise no setor está diretamente atrelada aos conflitos e tensões políticas no norte da África, importante região produtora da commodity. Principalmente à crise política na Líbia, que deixou de produzire refinar o petróleo. Países membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) chegam a cogitar um corte na produção por causa da medida da AIE, o que poderia agravar em muito a questão. O problema: com a chegada do verão, o consumo de combustível no hemisfério norte aumenta consideravelmente, portanto, de alguma forma o problema do abastecimento precisa ser resolvido. E não há tempo para ficar na discussão política.





PUBLICIDADE
  • WhatsApp TUDODOMS459
PUBLICIDADE
  • academia374
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE