PUBLICIDADE

Auxílio Emergencial: dupla é presa no DF após sacar ilegalmente R$ 28 mil de clientes da Caixa


PUBLICIDADE
  • mell280

13/08/2020 13h43

Auxílio Emergencial: dupla é presa no DF após sacar ilegalmente R$ 28 mil de clientes da Caixa

Homens foram detidos em flagrante, no Guará. Segundo PM, eles compravam dados na internet e, mesmo sem cartão, conseguiam sacar benefício das vítimas. A Policia Militar prendeu, na noite desta quarta-feira (12), dois homens suspeitos de aplicar golpes em clientes da Caixa Econômica no Distrito Federal. De acordo com a investigação, a dupla obtinha dados das vítimas na internet e sacava ilegalmente os valores do Auxílio Emergencial, de R$ 600. De acordo com a polícia, os suspeitos estavam "em atitude suspeita" no terminal bancário, na QI 7 do Guará, quando foram abordados. Com eles, os militares apreenderam R$ 28,2 mil em espécie. Cerca de R$ 4.000 mil estavam escondidos em um carro. Segundo os militares, a dupla contou que a quantia era referente ao saque do benefício de terceiros. Para retirar o valor não é necessário estar com o cartão em mãos. O G1 aguarda um posionamento da Caixa sobre o caso. A dupla disse ainda que os dados eram comprados de fraudadores, com moedas virtuais, por meio da "deep web" – uma espécie de internet oculta que poucas pessoas têm acesso. Os dois homens, que não tiveram a identidade divulgada, foram presos em flagrante por estelionato e encaminhados para a Polícia Federal.

Por Sthefanny Loredo, TV Globo


 A Policia Militar prendeu, na noite desta quarta-feira (12), dois homens suspeitos de aplicar golpes em clientes da Caixa Econômica no Distrito Federal. De acordo com a investigação, a dupla obtinha dados das vítimas na internet e sacava ilegalmente os valores do Auxílio Emergencial, de R$ 600.

De acordo com a polícia, os suspeitos estavam "em atitude suspeita" no terminal bancário, na QI 7 do Guará, quando foram abordados. Com eles, os militares apreenderam R$ 28,2 mil em espécie. Cerca de R$ 4.000 mil estavam escondidos em um carro.

Segundo os militares, a dupla contou que a quantia era referente ao saque do benefício de terceiros. Para retirar o valor não é necessário estar com o cartão em mãos. O G1 aguarda um posionamento da Caixa sobre o caso.

A dupla disse ainda que os dados eram comprados de fraudadores, com moedas virtuais, por meio da "deep web" – uma espécie de internet oculta que poucas pessoas têm acesso.

Os dois homens, que não tiveram a identidade divulgada, foram presos em flagrante por estelionato e encaminhados para a Polícia Federal.

 
 
 




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • academia374
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE