PUBLICIDADE

Geada atinge áreas de milho e trigo no Paraná; veja até quando vai o frio


PUBLICIDADE

04/07/2021 05h20

Geada atinge áreas de milho e trigo no Paraná; veja até quando vai o frio

Segundo a previsão do tempo, a quarta-feira, 30, vai ser ainda mais gelada no centro-sul do Brasil com mais risco de geadas amplas

Por Pryscilla Paiva, de São Paulo


 O dia amanheceu gelado em boa parte do país. Geadas foram registradas em lavouras de milho e trigo no Paraná e há estimativa de prejuízos na serra catarinense a temperatura caiu a -7,3°C com sensação térmica de -14°C. Segundo a previsão do tempo, a quarta-feira, 30, vai ser ainda mais gelada no centro-sul do Brasil com mais risco de geadas amplas, inclusive para parte do Sudeste e Mato Grosso do Sul.

O Paraná registrou  a madrugada mais fria do ano, com temperaturas negativas em 24 municípios. De acordo com o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), em General Carneiro, na região Sul, a mínima foi de -3,9 °C, a menor temperatura do ano no Estado. Em Palmas, no Sudoeste, os termômetros apontaram -3,8 °C e em Guarapuava, no Centro-Sul, a mínima registrada foi de -3,4 °C.

Geada no Paraná

 

Geada marcou madrugada mais fria do ano no Paraná. Foto: Ana Tigrinho/AEN

Previsão do tempo

A quarta-feira vai começar com geada em praticamente todas as áreas da região Sul, sul e oeste de São Paulo, com temperaturas de apenas 4°C na região de Itapeva e 2°C em Dourados, Mato Grosso do Sul . Ao longo do dia, mesmo com a presença do sol, o frio continua. As rajadas de vento são de mais de 60km/h na primeira metade do dia no leste da região Sul.

Na quinta-feira, 1º de julho, a massa de ar polar começa a perder intensidade, mas ainda tem chance de geada na maior parte da região. Exceção apenas para áreas da faixa leste da região Sul. Na parte da tarde as temperaturas sobem um pouco mais. A chance de geada diminui e o risco com geada é entre a serra gaúcha e o planalto paranaense. Nas demais áreas do estado o tempo fica firme e com temperaturas em elevação. Entre São Paulo e Mato Grosso do Sul, ainda faz frio, mas sem risco de geada. Nas áreas de café arábica do sul de Minas Gerais, as mínimas ficam em torno dos 6°C nos próximos dias, sem risco de geadas.

 

Toledo geada e frio intenso – Toledo – Foto: Carlos Vicelli

Categorias:        #Geadas           #Estados

 




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • academia374
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE