PUBLICIDADE

Fogo em tapeçaria teria começado com "brincadeira" entre desaparecido e colega


PUBLICIDADE

24/11/2021 05h20

Fogo em tapeçaria teria começado com "brincadeira" entre desaparecido e colega

Em conversa com os militares, amigo contou que fazia brincadeira com fósforo quando algumas peças pegaram fogo

Por Lucia Morel e Ana Beatriz Rodrigues


 Fogo em loja de tapeçaria no bairro Amambai, em Campo Grande, começou com brincadeira entre o jovem desaparecido, Lucas Correia Queiroz, de 21 anos e o amigo, também funcionário da Casa do Tapeceiro. Os dois estavam “brincando com fogo”, segundo relato do Corpo de Bombeiros.


Fogo em loja sendo combatido pelos bombeiros. (Foto: Paulo Francis)
Em conversa com os militares, Eduardo contou que faziam uma brincadeira com palitos de fósforo quando algumas peças pegaram fogo acidentalmente e as chamas acabaram se espalhando. Segundo os bombeiros, eles não tinham noção que haveria perigo e não foi informado que tipo de brincadeira faziam.

Quando os primeiros produtos começaram a pegar fogo, Lucas correu para o fundo da loja e o amigo para a frente. Não houve tempo de qualquer ação de socorro imediato e então, o Corpo de Bombeiro foi chamado.

Hotel – o Hotel Papaya, ao lado da loja incendiada, foi esvaziado pelo proprietário, Alexandre Rocha. Ele viu a fumaça pelas câmeras de segurança e evacuou o local, o que posteriormente foi também orientado pelos bombeiros. A princípio não há riscos no prédio do hotel, mas a Defesa Civil vai vistoriá-lo amanhã.


 




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • academia374
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE