PUBLICIDADE

Após fechar em alta na véspera, Bovespa opera em baixa nesta sexta


PUBLICIDADE

29/07/2011 13h30

Após fechar em alta na véspera, Bovespa opera em baixa nesta sexta

G1, com informações do Valor Online


 A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera em baixa nesta sexta-feira (29). Às 10h42, o Ibovespa caía 1,01%, aos 58.115 pontos.

Na quinta-feira (28), o Ibovespa havia registrado valorização de 0,72%, aos 58.708 pontos. O giro financeiro atingiu R$ 5,7 bilhões. No mercado americano, as bolsas perderam força ao fim do pregão. O índice Dow Jones caiu 0,51%, na quinta baixa seguida, e o S&P 500 recuou 0,32%. Já o Nasdaq ganhou apenas 0,05%.

Neste pregão, a indefinição política nos Estados Unidos agrava a tensão com a falta de uma solução para o endividamento americano. O prazo final de 2 de agosto se aproxima e republicanos e democratas seguem sem um acordo. Os republicanos da Câmara tentam hoje, pelo terceiro dia consecutivo, aprovar o projeto sobre o teto da dívida, que quase não tem chance de sobreviver no Senado.

O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos cresceu 1,3% no segundo trimestre deste ano na comparação com o primeiro trimestre, de acordo com a primeira estimativa divulgada nesta sexta-feira (29) pelo Departamento do Comércio Americano. O crescimento foi menor do que o esperado por economistas, que era em torno de 1,8%.

No cenário europeu, as notícias também não são tranquilizadoras. A Moody's colocou o rating "Aa2" da Espanha em revisão para possível rebaixamento, em razão das contínuas pressões de financiamento enfrentadas pelo governo do país e dos desafios trazidos pelos esforços de consolidação fiscal, em um ambiente de fraco crescimento e descompromissos fiscais entre várias administrações regionais.

No Brasil, a safra de balanços ganha força com os números da Vale. A mineradora fechou o segundo trimestre com lucro de R$ 10,3 bilhões, resultado 54,9% superior aos R$ 6,6 bilhões de igual período do ano anterior. Na comparação com o primeiro trimestre, houve queda de 9%.

A Embraer obteve lucro líquido de R$ 153,7 milhões no segundo trimestre de 2011, alta de 51% em relação ao mesmo período de 2010.





PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • academia374
  • Nelson Dias12
PUBLICIDADE